Untitled Document
Cidade Alerta

Cidade Alerta – Aproximando você da notícia com informações rápidas, atualizadas, dinâmicas e o compromisso de estar sempre ao lado da comunidade rondonopolitana. Esta é a receita que tem garantido ao Cidade Alerta a liderança de audiência no final da tarde. Exibido de segunda a sexta-feira à partir das 18h10m. entre o Cidade Alerta Nacional e o Jornal da Record (nacional). O programa traz um resumo dos principais fatos do dia e leva, em primeira mão, a cobertura das notícias registradas nas tardes de Rondonópolis. Com onze anos no ar o Cidade Alerta se tornou um referêncial da cidade bem informada. Com apresentação de Jandir Martins que usa um discurso corajoso, sincero, inteligente e sagaz. baseando-se na verdade ao informar e cobrar providências das autoridades. O Cidade Alerta repercute nas mais diferentes camadas da sociedade e está incerido num público variado - formado principalmente por jovens, estudantes, acadêmicos, comerciantes, donas de casa e profissionais liberais nas rodas de amigos e nos lares das mais diferentes classes da sociedade de Rondonópolis.
JANDIR MARTINS

Jandir Martins nasceu em 29 de junho de 1967 na cidade de Jaciara Mato Grosso. É casado e pai de um filho. Com 15 anos de idade começou suas atividades na área de comunicação quando foi convidado pelo senhor Adino Tavares Sicsú para trabalhar no Sistema de Som e Publicidades Star, que na década de 80 era a única forma de comunicação de massa que existia em Jaciara. O Sistema era formado por aproximadamente 150 caixas de som espalhadas pela cidade e fixadas em postes e árvores e de um Studio se transmitia por fios todos os dias uma programação musical, com publicidades e notícias. Na época o sistema foi carinhosamente apelidado pelo povo jaciarense como “Voz do Poste” ou “Voz da árvore.” Em 1986 o Sistema de Som foi extinto e Jaciara passou a ter sua primeira emissora de Rádio. A Rádio Xavantes (AM). A novidade chamou a atenção de todos e rapidamente uma grande fila se formou na frente do Studio da emissora com pessoas que aproveitaram a oportunidade de fazer um teste para trabalhar como locutor. Jandir Martins foi um deles. O seu potencial foi rapidamente reconhecido pelo então diretor da Emissora Gilson Roberto Weiss que o contratou no mesmo dia do teste e já usou a voz de Jandir para a gravação das vinhetas da rádio informando que a mesma estava operando em caráter experimental. Em 1988 rocurando uma melhor preparação profissional Jandir Martins se mudou para a cidade de Campo Grande no Mato Grosso do Sul onde trabalhou na Rádio Cultura LTDA e TV Campo Grande (SBT) que fazem parte do Grupo Correio do Estado e continuam em operação. Jandir Martins também trabalhou na Rádio Capital AM do Grupo Radiosul Emissoras Integradas, que na época de sua instalação era a primeira emissora de rádio do Centro Oeste Brasileiro a operar em Amplitude Modulada (AM) com transmissor stéreo (como se fosse FM). Em Seu trabalho na capital sul-mato-grossense Jandir Martins atuou como repórter do programa “O Povo na TV” (SBT) apresentado pelo Deputado Estadual Maurício Picarelli. O Programa na época era líder de audiência naquela cidade. Em Campo Grande Jandir permaneceu por 11 anos e enfrentou grandes desafios como ter interferido jornalisticamente em uma tentativa de linchamento de duas pessoas acusadas de terem praticado um crime. Tudo aconteceu no início da década de 90. Todo o caso foi noticiado por Jandir Martins numa transmissão ao vivo na Rádio Cultura. Como repórter Jandir exigia que fosse feita justiça e que os acusados fossem levados a uma delegacia e posteriormente a julgamento. A massa inflamada era contra e queria o sangue dos acusados até que a Polícia Militar ouvindo a transmissão chegou no local e agiu fazendo valer os preceitos constitucionais do país. O caso teve repercussão nacional e valeu várias ameaças de morte ao repórter que passou a ter proteção policial determinada pela Secretaria de Segurança Pública chegando até ter a permanência de policiais na porta de sua moradia. Jandir Martins foi o único repórter a acompanhar todo o processo de investigação feito pelo Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil do Mato Grosso do Sul que havia descoberto um plano para seqüestrar o médico Urologista Nelson Trad Filho (Hoje prefeito da capital sul-mato-grossense) e filho do então Deputado Federal Nelson Trad. Tudo foi filmado pela equipe comandada por Jandir até o momento da chegada dos seqüestradores ao consultório do médico e a ação da polícia intervindo e prendendo todos os envolvidos no caso. O fato noticiado teve repercussão nacional como dezenas de outros acompanhados pelo profissional naquela cidade. Jandir Martins permaneceu em Campo Grande até o final do ano de 1999 quando resolveu voltar para sua terra Mato Grosso e foi então contratado pela TV Gazeta (Record) que mais tarde se tornou TV Cidade Record em Rondonópolis onde trabalha já a 11 anos como repórter e apresentador de TV. Logo ao chegar na “capital da soja” Jandir se tornou a principal testemunha de uma operação desastrada da Polícia Militar e que teve como saldo trágico a morte a tiros de um adolescente. Jandir Martins filmou tudo e o caso foi amplamente noticiado em todo o país e por todas as emissoras de TV que receberam as imagens cedidas gratuitamente. Na TV Cidade Record Jandir exerce hoje a função de Diretor de Jornalismo e acredita firmemente que a Imprensa é uma das pilastras de sustentação da democracia e da garantia dos direitos individuais do cidadão.

FALE CONOSCO
Clique aqui
TV CIDADE | 2008 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | COPYRIGHT ©